• renovacon

Mercado para abrir empresas na área da Saúde


Antes de definir seu modelo de negócio é muito importante, quantificar o mercado local e estratificar, tanto as clínicas médicas, as clínicas populares, quanto a demanda oriunda do que antes buscava atendimento só no SUS.

Munido destas informações e considerando sua capacidade de investimento, você deverá focar no modelo de clínica que pretende montar. Neste momento deverão são feitos levantamentos de preços praticados no modelo de serviço pretendido, quantidade média de atendimentos realizados, público-alvo mais frequente em cada especialidade médica, tipos de exames e procedimentos realizados, entre outros.

Um nicho específico que merece atenção do empreendedor é o relacionado a serviços voltados para terceira idade. Assim como nas economias desenvolvidas, o Brasil tende a se tornar um país com forte presença de idosos em seu mapa social. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 40 anos estima-se que o número de homens e mulheres na terceira idade triplique no Brasil, passando dos 25 milhões para 66,5 milhões de pessoas.


Considerando as projeções das amostras do IBGE, é provável que nos próximos 25 anos a população brasileira chegue a 214 milhões de habitantes. Após a década de 2040, a tendência é que a população brasileira venha a diminuir considerando a redução da natalidade. Contudo, a população idosa continuará a crescer.

O envelhecimento da população é uma realidade, mas o perfil do brasileiro idoso também vem mudando nos últimos anos. Atualmente, são pessoas mais ativas e independentes, com uma imagem mais positiva e confiante de si mesmos. Neste sentido, uma grande preocupação deles está relacionada com a saúde.


Uma novidade neste setor, que foge dos modelos tradicionais (onde os atendimentos são realizados, basicamente por meio do sistema de plano de saúde), é a possibilidade de a própria clínica oferecer a opção de pagamento de assinatura para consultas médicas, onde o cliente paga um valor mensal para ter acesso a consultas com profissionais de medicina da família (médico, enfermeiros e equipe multidisciplinar), por exemplo, e os exames podem ser oferecidos a preços acessíveis.

Por meio do uso da tecnologia, o empresário pode, também, focar na criação de um aplicativo de saúde. Sua plataforma pode funcionar oferecendo assinaturas para consultas, sendo o valor rateado mensalmente entre o total de assinantes (tendo um teto mensal definido). Nesse modelo é interessante oferecer soluções de saúde fora dos métodos tradicionais, podendo se adaptar a diferentes interesses e disponibilidades financeiras.

Uma outra, e promissora opção já mencionada na Apresentação deste documento, são as chamadas clínicas populares, que oferecerem um serviço privado a um preço acessível, sendo uma alternativa para o empreendedor que planeja investir, para atender a população que está insatisfeita com o SUS e não têm condições de arcar com altos custos de um plano de saúde.

Ou seja, são várias opções e estratégias de empreendimento no ramo de clínicas de saúde. Há oportunidade de entrar neste mercado de forma diferenciada, oferecendo atendimento personalizado, com facilidades de pagamento, localização estratégica e agilidade no atendimento e, a partir de uma gestão planejada e profissional, será um empreendimento promissor.


Segundo informações divulgadas no Boletim 2017 da Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), a receita líquida por paciente-dia cresceu 18,1% em 2016, enquanto as despesas totais por paciente-dia subiram num patamar inferior: 15,4% no mesmo período. Isso demonstra uma melhoria na gestão das empresas.

Outro dado interessante é que uma clínica de médio porte, tem capacidade para realizar entre 2.500 e 3.000 atendimentos por mês, fora, os exames que poderão ser realizados a partir destes atendimentos.


Após investigar e analisar todas as questões do mercado, dividindo entre consumidores, concorrentes e fornecedores, o empreendedor estará apto a um melhor posicionamento neste mercado. Para isso é fundamental a elaboração de um Plano de Negócios.

Seguem algumas sugestões para a realização de ações de pesquisa de mercado com vistas a avaliar a demanda e a concorrência:

☑ Pesquisa em fontes como prefeitura, guias, IBGE e associações de bairro para quantificação do mercado alvo, Agência Nacional de Saúde;

☑ Visita aos concorrentes diretos, identificando os pontos fortes e fracos dos estabelecimentos que trabalham no mesmo nicho;

☑ Participação em seminários especializados;

☑ Participação de feiras de negócios tais como a Feira do Empreendedor - Sebrae.

Em relação à concorrência, é importante ressaltar a grande flexibilidade na diferenciação, seja através de produtos/serviços únicos seguindo uma especialidade, seja através de localização ou através de complementaridade de serviços.


Dúvidas? Entre em contato conosco, será um prazer te atender! 📲 (67) 9 9239-6229

😎 Renovacon Ajuda Você!



Fonte: Sebrae.

Foto: Freepik.

0 visualização0 comentário