• renovacon

Como montar um centro de estética?


Objetiva-se aqui proporcionar aos potenciais empreendedores uma abordagem singular acerca das variáveis que influenciam diretamente no mercado de estética, registrando o posicionamento e o comportamento do segmento no mercado, suas principais áreas de atuação, trazendo assim, de uma forma ampla, as informações básicas para os interessados em atuar no referido segmento.


O segmento de beleza é um ramo que tem se estabelecido fortemente no país. Um dos principais fatores é a alta demanda por serviços e procedimentos especializados e por produtos de qualidade, que refletem diretamente no bem-estar e na elevação da autoestima do seu público alvo.

Em suma, os serviços de estética são direcionados ao público interessado em beleza, saúde e higiene. Para realização dos serviços são utilizados recursos e equipamentos, cosméticos e terapias que devem ser executados exclusivamente por profissionais devidamente habilitados.


PRINCIPAIS SERVIÇOS OFERTADOS POR UM CENTRO DE ESTÉTICA

Limpeza de pele, tratamento de acne, peeling, hidratação e nutrição facial, rejuvenescimento e revitalização facial, discromia (tratamento para manchas de pele), bronzeamento artificial, tratamento contra flacidez muscular, tratamento d

e estrias, Crioterapia (bandagem terapêutica fria de relaxamento, tratamento de perda de medidas), Termoterapia (bandagem terapêutica quente de relaxamento, tratamento para retenção de líquido e perda medidas), Depilação (com cera descartável quente ou fria, e roll on), Tratamento de gordura localizada, hidratação e nutrição corporal, clareamento de axilas e virilha, banho de lua, banho de ofurô, clareamento de pelos, drenagem linfática, podologia, endermologia (tratamento de celulite), massagens corporais (relaxante, antiestresse, redutora, shiatsu), massagem modeladora, massagem estética de levantamento dos glúteos (massofilaxia) entre outros.


PÚBLICO


O crescente aumento da demanda em busca de serviços especializados no segmento de estética e beleza tem gerado por parte dos prestadores de serviços uma busca constante por melhorias no atendimento, aplicação de práticas sanitárias adequadas, uso racional de matérias primas e insumos, conhecimento técnico dos processos executados e melhoria constante na gestão de negócios, tornando-se assim empresas de competitividade e diferenciação em busca da excelência na prestação dos serviços.

O público para estes de serviços é composto de mulheres e homens de todas as faixas etárias: jovens, adultos e da terceira idade.

A terceira idade tem sido um público que tem aumentado significativamente a procura por estes serviços, haja vista o aumento da longevidade alcançada pelos brasileiros e a busca de melhor qualidade de vida.

Considerando o crescimento e a procura por serviços no mercado estético, as novas empresas que tem surgido neste segmento precisam implementar serviços especializados e eficientes.

As mulheres representam 83% dos atendimentos realizados pelos prestadores de serviços atuantes nas áreas de beleza e estética, entretanto, é observado crescente procura deste tipo de serviço pelo público masculino, para o qual já existem diversos estabelecimentos que o atende de forma personalizada. Aliás, o público masculino tem sido uma boa surpresa para o mercado de beleza e estética. Os homens estão mais vaidosos e preocupados com marcas de expressão, redução de medidas abdominais e procedimentos de rejuvenescimento.


Os profissionais que atuam nos centros de estética devem se capacitar continuamente. O mercado oferece cursos profissionalizantes, de nível técnico ou superior, facilitando assim a alta performance nos padrões de desempenho e especialização dos serviços. Informe-se e procure manter sua equipe capacitada e antenada com as novidades do mercado. Para abrir uma clínica de estética, os empresários podem optar por abrir um negócio próprio ou ainda a opção de abrir uma franquia de estética.

Histórico

A estética se tornou profissão a partir do momento em que os boticários descobriram como usar princípios ativos para melhorar aspectos externos do corpo, como pele e cabelo. A polonesa Helena Rubinstein criou o primeiro salão de beleza do mundo, em 1902, na cidade de Melbourne, na Austrália, a partir do aprendizado obtido com um boticário que a ensinou a desenvolver fórmulas inovadoras e unguentos com fins estéticos. Em 1947, a russa Anna Pegova inaugurou um instituto de beleza em Paris, com várias técnicas estéticas criadas por ela, como o peeling vegetal.

No Brasil, o ramo foi inaugurado por Anne Marie Klotz, brasileira filha de franceses. Ela aprendeu sobre procedimentos estéticos na França e em 1951 inaugurou o Instituto de Beleza France-Bel no Brasil. Anne também foi responsável por criar a a primeira empresa de aparelhos de eletroterapia do país, o que trouxe independência a profissionais brasileiros, que não precisaram mais importar equipamentos.




Fonte de pesquisa: Sebrae.

Foto: Freepik.

Assessoria de Marketing: @4brand.assessoria



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo